domingo, 20 de maio de 2018

Configurando uma RouterBoard Mikrotik



PéssimoRuimMédioBomExcelente (5 votos, média: 5,00 de 5)

Não sou profundo conhecedor de Mikrotik, o que aprendi foi lendo tutoriais, alguns manuais e batendo cabeça. :wall:

Estou fazendo este post, mais para que fique registrado (e um backup) das configurações que uso.

Posso ter feito alguma coisa errada? Sim… Pode ser feito de uma maneira melhor em mais inteligente? Muito provável que sim… Mas o que importa é: Do jeito que está, funciona bem pra mim. :D

Se alguém tiver sugestão de melhoria, pode comentar. Se tiver crítica, também é bem vinda. :good:

Resumo do meu cenário e necessidades:

Tenho duas placas Mikrotik, uma velha RB153 e a RB433UAH.

  • Uma porta WAN com IP fixo, não é necessário PPPoE, o modem está em modo Router.
  • Pelo menos duas portas ethernet. Uma será encaminhada ao switch que distribui internet na oficina e outra será exclusiva para o DVR.
  • Fazer o translado do IP utilizado pelo modem para o IP que utilizo em minha rede
  • Inicialmente dois cartões de rádio, um em 2.4GHz e outro em 5.8GHz ambos como Acess Point. (No futuro um terceiro cartão de 5.8GHz)
  • Controle de banda automático (só aplica-se na RB433UAH)
  • O gerenciamento de portas deverá ser feito na Mikrotik

Os parágrafos em laranja se referem aos comandos presentes no menu a esquerda da tela.

Muita coisa das configurações estão nas imagens, que explica mais do que o texto.

Pra configurar a Mikrotik é necessário o WinBox.

Nota: como meu modem está no modo Router e não quis mexer nisso pois empresa de fibra ótica enviou assim, foi preciso configurar um IP em DMZ nele (no modem), IP este que será o da porta WAN da Mikrotik, assim o gerenciamento de portas ficara na Mikrotik

Vamos a receita de bolo.


Configurando a MikroTik como Access Point e Roteador com Porta WAN para IP Fixo.

Vamos partir do principio que a MikroTik foi resetada e está com o script original de fábrica.

1) Primeiramente ativar os cartões de rádio e renomear as interfaces de acordo com a preferência.

O padrão da MikroTik é que os cartões de rádio entrem desligado ao resetar a placa ou inserir um cartão novo. O cartões também vem por padrão no modo cliente.

2) Configurar o tipo de segurança que será utilizado com o rádio.

>> Wireless >> Security Profiles >> Adicionar ( + )

Marcar os tipos de criptografia que quer usar e definir as chaves de acesso.

Pode ser definido mais de um profile, para usar senhas diferentes para cada cartão de rádio. Fica a seu critério

3) Configurar os cartões de rádio para o modo AP BRIDGE.

>> Wireless >> Click duplo no rádio desejado

– Passar para o modo Avançado (botões a direita na janela)

Na aba Wireless:

– Passar para o modo AP Bridge
– Definir a banda quando aplicável (2,4 ou 5.8GHz, B,G ou N)
– Definir o canal desejado
– Definir o SSID
– Definir o nome do rádio (opcional)
– Definir o tipo de segurança da rede
– Desligar o WPS
– Definir o pais para: Brasil
– Aplicar as mudanças

Na aba TX POWER:

– All rates fixed
– Configurar a potencia desejada em dBm.
– Aplicar as mudanças.

– Repetir isso para todos os cartões de rádio.

4) Criar uma Bridge

 >> Bridge >> [ + ]

–  Aplicar

 >> Bridge >> Aba Ports >> [ + ]

– Adicionar todas as portas, EXCETO a porta que será definida como WAN

5) Definindo os endereços IP.

>> IP >> ADRESSES

– Editar o profile padrão.
– Definir o IP (minha rede: 192.168.0.1/24) e atribuir à BRIDGE criada anteriormente.
– Não é necessário preencher o campo Network, ao aplicar ele já é preenchido automaticamente com o valor correto.

Note que usaremos toda a faixa deste bloco de IP para a rede local.

– [ + ]

– Definir o IP da porta WAN (no caso do meu modem é 192.168.200.2/30)

Note que com a mascara de rede /30 haverá somente 2 endereços disponíveis, o que é o gateway do modem e o IP que a porta WAN deve assumir.

No modem deverá ser configurado o IP desta porta (192.168.200.2 no meu caso) como DMZ, para que o redirecionamento de portas seja feito pela Mikrotik mais adiante.

6) Adicionar a rota para a porta WAN

>> IP >> Routes >> [ + ]

– Deixar DST. Address em 0.0.0.0/0
– Definir o Gateway (IP de Gateway do modem)

As outras duas rotas já devem vir por padrão preenchidas, por causa das configurações feitas anteriormente.

7) Definindo o NAT para os cartões de rádio e portas ethernet.

>> IP >> Firewall >> Aba NAT >> [ + ]

Aba General:

– Definir Chain como SRCNAT

Aba Action:

– Definir Action como MASQUERADE

8) Definir o POOL de IP

>> IP >> POOL >> [ + ]

Minha rede está alocada em 3 blocos.

– Definir as faixas de IP conforme o desejado. Usaremos a faixa de 100 a 149 para DHCP.
– Ao definir todas as faixas, fazer a amarração para continuidade, já que o Pool1 será continuado pelo Pool3, logo edite o Pool1 e ajuste o next pool para Pool3.

Você pode alterar a gosto qual faixa será usada para IP manual e para DHCP e até mesmo a forma da separação dos blocos.

9) Criando o servidor DHCP

>> IP >> DHCP Server >> [ + ]

– Definir a interface BRIDGE
– Lease Time de 12:00:00
– Definir Address Pool:  Pool2
– Autoritative: NO

Aba Network >> [ + ]

Definir o IP da rede e o Gateway

10) Criar o servidor DNS

>> IP >> DNS

– Adicionar quantos forem necessários

Utilizei os servidores DNS do Google e OpenDNS

– Marcar Allow remote request

11) Configurar o servidor SNTP

>> System >> SNTP Client

– Marcar: Enabled

Utilizar:

–  200.144.121.33 [ntp.cais.rnp.br]
–  200.19.74.21 [ntp.pop-pr.rnp.br]

12) Redirecionando portas

>> IP >> Firewall >> NAT >> [ + ]

– Selecionar Chain: DSTNAT
– Protocol: TCP
– DST. Port: Porta a redireconar

Aba Action:

– Action: DST-NAT
– To Address: IP destino
– To Port: Porta a redirecionar

13) Definir a senha de administrador

 >> System >> Password

14) Limitação automática de banda no DHCP Server (Somente com RouterOS 6 em diante, não se aplica na RB153)

>> IP >> DHCP Server

– Aba DHCP, Duplo clique na regra server1
– Colar o script abaixo no campo Lease Script.

(dica encontrada no fórum under-linux neste post do usuário inquiery)

Se não são clientes fixos, e sim um ponto de acesso onde dispositivos desconhecidos vão conectar, você pode usar o próprio campo “Lease Script” do DHCP Server para fazer seu script. O script digitado ali, quando é executado, tem acesso a algumas variáveis locais interessantes que vão te ajudar na tarefa, conforme está no wiki da mikrotik.

– leaseBound – set to “1” if bound, otherwise set to “0
– leaseServerName – dhcp server name
– leaseActMAC – active mac address
– leaseActIP – active IP address

Código :

if ($leaseBound=1) do={
  /queue simple add max-limit=250k/600k target=$leaseActIP comment=$leaseActMAC
} else={
  /queue simple remove [find comment=$leaseActMAC]
}

Assim, quando o script for chamado ENTREGANDO UM IP a um cliente, a variável $leaseBound vai ser 1, e então uma regra de queue será adicionada, e quando o script for chamado LIBERANDO UM IP (liberando significa removendo da tabela por não estar mais em uso), a variável $leaseBound vai ser 0, e a regra de queue será removida. Utilizei o comment das regras de queue para adicionar o MAC para o qual o IP foi oferecido, e assim deletando os itens pelo MAC tb. Poderia ser pelo IP, daria na mesma.

15) Desligando o acesso por SSH e Telnet

>> IP >> Services

Motivo para o desligamento. Com só farei acesso pelo WinBox ou HTTP, não há necessidade destas portas ficarem ativas, e olhando o log de acesso, existe uma quantidade ABSURDA de tentativas de acesso a routerboard, claramente feito por ataque com dicionário. Se necessitar um dia, basta religar.

16) Formatando o cartão de armazenamento

>> System >> Disks

As RB costuma possuir um slot para cartão de memoria, na RB153 é cartão CF e na RB433UAH é MicroSD.

– Selecionar o cartão na janela
– Clicar no botão Format
– Se quiser, adicionar o Label do cartão

17) Fazendo um backup de todas as configurações

>> Files

– Clicar em Backup
– Digitar um nome
– Não coloque senha, pois se você a esquecer o backup não servirá pra nada
– Marcar: Don’t Encrypt

Para retirar o backup da Mikrotik clique com o botão direito do mouse sobre ele e clique em download.

Você também pode mover (arrastando) o backup para o cartão de memória.



   domingo, 13 de maio de 2018

Telhado



PéssimoRuimMédioBomExcelente (2 votos, média: 5,00 de 5)

Dando um passeio pelo youtube e olhando os canais que de vez e quando acesso, sem querer achei este vídeo. A parte que interessa vai de 2:31 a 3:15.

Foi exatamente como fiz o telhado aqui. :-P

Se alguém conseguir descobrir qual é o vídeo original deste telhado, poste no comentários, gostaria de ver inteiro.

Nota fui parar nesse vídeo por causa da mesa com as tampinhas que está no começo do vídeo.



   sábado, 12 de maio de 2018

Vaquinha pra o domínio do blog, sucesso!



PéssimoRuimMédioBomExcelente (3 votos, média: 5,00 de 5)

Gostaria de agradecer publicamente aos 2 colaboradores que fizeram as doações pra o registro do domínio do blog pelo prazo de 5 anos.

Porém se acaso mais alguém resolver colaborar, aplico o valor para estender o prazo de registro pra um tempo mais, de acordo com as opções disponíveis no registro.br.

Não citarei os nomes publicamente, a menos que estes digam que o posso fazer e o farei no post onde estará o  comprovante do registro do domínio.

Apenas na vakinha, que tem um prazo pra poder sacar o valor, que é de 15 dias. Então a liberação ocorre no dia 23/05. Liberado já faço a transferência dos valores do paypal e da vakinha e já inicio o registro.

Meu muito obrigado!



   terça-feira, 8 de maio de 2018

Vaquinha para o novo domínio do blog.



PéssimoRuimMédioBomExcelente (1 votos, média: 5,00 de 5)

Andamento da vaquinha.

117% já arrecadado.

Atendendo a pedidos, botão do paypal:




Bom… criei a vaquinha online. Como falei a situação é de contenção de despesas, então criei coragem, deixei a vergonha de lado. O valor necessário é de R$184,00 para um registro de 5 anos. Foi necessário fazer a vaquinha no valor de R$200,00 porque há uma taxa de aproximadamente 7% pelas doações e R$5,00 pelo saque do valor.

O valor que se pode contribuir é livre.

Clique sobre a vaquinha ou use o link abaixo dela.

 

http://vaka.me/ftezw1
Ela ficará ativa por 3 meses.
Conto com a ajuda de vocês. :-P



   segunda-feira, 7 de maio de 2018

Domíno dot.tk



PéssimoRuimMédioBomExcelente (3 votos, média: 5,00 de 5)

Por uma bobeira minha, de uma “falha” do filtro de junk mail do google e da política de prazos curtíssimos do dot.tk, perdi o domínio www.crashcomputer.tk

De forma que quem acessava por esta URL agora o terá que fazer pelo endereço real do site. http://crashcomputer.caetano.eng.br

Quem assina o Feed não deve ter percebido que o domínio não existe mais.

Estou pensando no seguinte… registrar um .com.br ou um .com mesmo. Mas é até chato falar… se eu fizer um vaquinha, os poucos leitores estariam a fim de colaborar com o custo do registro? É barato, mas como estou em contenção de despesas… Se sim, avisem nos comentário que eu crio uma vaquinha. :tooth:

Até pensei em botão do paypal, mas não achei esta opção em minha conta, e além disso o paypal tem problema que se doar em reais, não gasta internacional e vice-versa. Google Adsense, me sacanearam a muito tempo atrás e perdi o que tinha e baniram minha conta. Desde então minha política de adblock subiu para o nível hardcore.

Voltando a idéia da vaquinha, pra não ficar muito no pede-pede sempre, pensei fazer o registro por 5 anos, o valor como pode ser consultado no próprio registro.br seria de R$ 184,00 para 5 anos.

Alguém tem uma idéia melhor ou mais barata? Topam a vaquinha?

 



   quarta-feira, 25 de abril de 2018

Indo ao “shopping center” – 16



PéssimoRuimMédioBomExcelente (6 votos, média: 5,00 de 5)

Oi…. não morri.  .:lol:. Tamos na labuta e pondo a casa em ordem.

Vamos a mais uma visita aos “shopping center”? :tooth:

Bem… mais ou menos. Comprei uma serra circular “Makita” de 7″ de um catador de sucata por 15 reais. Tava toda meio desmontada (parafusos mal apertados) mas com a aparência muito boa! A foto a seguir é dela toda desmontada e com a as peças já devidamente lavadas. Uma pena que esqueci de fazer foto dela como veio, afinal tava bem sujinha de poeira e graxa.

Defeito da serra? Motor completamente torrado! Estator e induzido. Porque jogaram fora e não consertaram? Descobri isso tentando comprar um induzido novo pra ela… O pinhão do induzido desta aqui tem 9 dentes. Os originais tem 7 dentes pelo que me lembro. A solução? Mandar reformar.

O custo da reforma do induzido ficou em 110 reais. Também troquei o rolamento do lado do coletor de das escovas que estava apresentando ruído. Eu não tinha um sacador de rolamento aqui, o jeito foi improvisar um. :-P

Pra economizar um pouco eu mesmo rebobinei o estator. Comprei 200 gramas de fio esmaltado por 20 reais e ainda sobrou.

Uma bobina pronta, vamos pra segunda.

Estator pronto pra ser montado. Não envernizei as bobinas, apenas prendi com abraçadeiras pláticas.

E a belezinha montada e testada.

Pois é… se eu tivesse uma dessa quando fiz o telhado do cafofo não teria ralado tanto minha velha Bosch Hobby… A Bosch sofreu pra caramba pra cortar as peças de madeira, a ponto de ter que parar diversas vezes pra ela esfriar, sem falar que ela usa disco de 5″ que não acha mais hoje.

O gasto total pra reformar essa serra foi de 110 reais do induzido, 20 reais do fio para o estator, 7 reais do rolamento novo e 5 reais duas escovas novas. E.. o 15 reais do sucateiro. Total da brincadeira: 157 reais pra ter uma serra circular de 7 polegadas.

Até que esteve muito bom, não é mesmo? 8-)



   segunda-feira, 6 de novembro de 2017

Começando uma nova fase.



PéssimoRuimMédioBomExcelente (10 votos, média: 4,90 de 5)

Muito sabem que eu tenho um canal no Youtube e que tá largadão as traças, o que me fez desanimar dele é que um FDP me sacaneou com o adsense e aquela conta foi banida do adsense, e então nem pra ganhar uns trocos com os videos dá.

Já tem um tempo que eu comecei a fazer em passos lentos a copia dos vídeos pra uma nova conta, que por enquanto tem um ou dois assinantes (não divulguei ainda). A idéia é mover todos os vídeos mais interessantes e deixar esse canal antigo parado só com umas coisas que embora tenham bastante visita, não me interessam.

Mas ai me vem a vontade de tocar a frente outra coisa que eu queria fazer a tempos… filmar o por dentro das coisas… sim, praticamente a mesma proposta do meu amigo Pakéquis.

Eu só fico meio sem graça de fazer isso, porque um dia vai aparecer alguém que vai falar: Copiou o Pakéquis. E claro… que eu vou mandar pra aquele lugar… |-/

Esses vídeos eu acabaria publicando aqui no blog, se bem que a proposta deste blog nunca foi eletrônica e afins, isso é proposta do meu site de radioamadorismo.

Ai fica a pergunta, a “1/2 dúzia” que lê isso aqui, acha que vale a pena torcer ou melhor dizendo, focar mais o blog em algum assunto rápido de eletrônica (sem deixar de fazer os outros posts é claro)? O lado D.I.Y. eu já posto, em geral o que não encaixa em eletrônica.

Deixem a resposta nos comentários. Conforme for, eu já tenho três coisas pra mostrar, embora eu já tenha desmontado pra restaurar, eu desmonto de novo. :D



   quinta-feira, 2 de novembro de 2017

Arrumando a oficina nova…



PéssimoRuimMédioBomExcelente (6 votos, média: 5,00 de 5)

Bem… a famigerada mudança acabou… já entreguei as chaves do prédio antigo pro novo locatário, cópia das contas pagas dos últimos 3 meses e zé-fini! 8-)

Mas… agora aproveitando que tá tudo de pernas pro ar, e já que vou ter que por a casa em ordem, porque não começar reformando o que está velho e caquético?

Inicialmente eu comecei reformando as duas fontes que eu uso na bancada.

A primeira foi a ajustavel, que recebeu pintura nova, polimento no acrílico dos medidores, leds para iluminar os medidores, uma limpeza interna, cabo de força novo e com tomada tripolar 2P + Terra (tomada jabuticaba, aqui não!) e troca dos bornes. Uma pena que eu não tirei fotos do antes.  :aiaiai: Mas vamos só ao depois então.

Acredite, essa fonte estava horrivelmente feia, a pintura estava toda zoada.

A segunda foi a fonte que uso pra alimentar meus rádios que uso durante o teste dos rádios dos clientes.

Essa ganhou uma lata nova no painel (não tinha) pra fazer a mascara, pintura, troca dos bornes e troca de boa parte da fiação interna que estava com a capa muito ressecada e quebradiça por causa do tanto que essa fonte esquenta quando a uso a plena carga.

Esse ímã do disk bancas grudado no painel dela tem uma história bem engraçada, qualquer dia que der na telha eu conto a história.

A próxima reforma foi a estação de retrabalho SMD. Troquei a mangueira, refiz o suporte da manopla que estava quebrado, desmontei novamente a bomba que eu já tinha desmontado a um tempo atrás por um defeito e montei algo errado e coloquei um soquete NEMA pra poder usar um cabo de força removível. Alias, nem sei porque o fabricante não fez assim originalmente.

Ela vai ficar sem pintura por enquanto, pois não quero mudar a cor dela… e não dá pra comprar uma lata de tinta dessa cor por enquanto.

E hoje foi a vez da bancada em si. Essa bancada é praticamente a mesma que usava antes, só que tive que trocar os tampos que é feito com uma porta. A antiga os cupins se incumbiram de liqüidar. Por sorte a madeira que usei para os pés, os cupins não apreciaram o sabor.

O tampo antigo usava a porta “crú”, direto na madeira. Dessa vez decidi usar algum revestimento mais resistente. Estava entre lençol de borracha de 3mm e a fórmica. Ganhou a fórmica por dois motivos: Mais barato e tinha aqui na cidade a pronta entrega.

Alias a quem interessar saber, o custo da reforma da bancada:

Porta nova usada como tampo: R$130,00
Chapa de fórmica: R$59,00
Fita de borda: R$23,00
Cola fórmica: R$15,00
Oléo de linhaça: R$14,00
Cupinicida: Usei um sobra que já tinha aqui. Não lembro quanto custou.

Usei fórmica branca lisa, que é mais fácil de limpar. Apliquei também as fitas de borda pra ficar legal.

A fórmica eu mesmo cortei e colei no tampo.

Só falta que ficou pra hoje a tarde, dar uma mão de óleo de linhaça com um pouco de cupinicida na parte debaixo do tampo e nos pés, pra garantir que nenhum cupim faça de minha bancada sua próxima refeição e “minha casa, minha vida”. }:D



   quinta-feira, 21 de setembro de 2017

Palpite EBANX



PéssimoRuimMédioBomExcelente (2 votos, média: 5,00 de 5)

Eu já falei do cartão do Ebanx a um tempo atrás, e recomendo a quem quiser um cartão virtual para fazer compras online (não existe o cartão de plástico, só o virtual).

A anuidade é baratérrima, o saldo fica em dolaras protegido das variações cambiais e você pode recarregar por boleto bancário. E ainda mais, o IOF é de apenas 0.38%!

E agora, o Ebanx vem com uma promoção bem interessante… quer tentar ganhar um carrinho com 30 itens?

Simples… entra aqui (https://palpite.ebanx.com/r/685b31fb-3a52-45a7-8a90-03c5b6a5cb67)  dê seu palpite de quanto vale este carrinho. O primeiro que acertar na mosca, leva tudo.

Bom… eu já dei o meu palpite, dê o seu, não tem nada a perdar! :tooth:



   terça-feira, 8 de agosto de 2017

Eu simplesmente ODEIO a vivo.



PéssimoRuimMédioBomExcelente (11 votos, média: 5,00 de 5)

Se existe uma empresa pra ser chamada de filho da puta, é a merda da vivo.

Como estou finalizando a mudança da oficina, preciso levar o telefone pro novo endereço. Mas tive um problema que podemos chamar de acidente de percurso.

Só pra deixar uma seqüencia lógica, desde o dia 04/07 estou brigando com essa empresa, segue o cronograma:

04/07: Tenho minha linha fixa cancelada por parte da empresa, por causa de uma conta que ficou aberta a mais de 120 dias. Justamente uma conta que o correio não entregou e acabei esquecendo de pagar. A empresinha safada não ligou avisando do cancelamento, deveriam ter ligado.

Nisso vou procurar saber o que aconteceu e como resolver. Logo no primeiro contato já vem a velha história de tem que “verificar disponibilidade dos serviços”. Como assim? Até 3 horas atrás estava disponível, pois estava tudo funcionando… Resolvo realizar a consulta pela internet, e tem disponível. Consulto pelo canal de atendimento telefônico e também tem disponível.  Por precaução já começo a gravar todas as ligações. Também salvo as telas. Fiz a consulta para os dois endereços por via das dúvidas.

No atendimento presencial no represente, fui orientado a pedir a instalação no endereço antigo, por já ter o par instalado e já conectado a central, então não haveria como eles negarem a instalação. Isso era provado pelo fato do modem ADSL continuar com o sinal ADSL ativo, mas sem navegar, o que prova que o par de fio estava ligado a central e a uma porta na DSlan. Paguei a conta que estava atrasada e é preciso esperar os “cinco dias úteis pro sistema registrar o pagamento”. Ô sistema lerdo hein?

Passo a ligar duas vezes por dia pra consultar se já foi registrado o pagamento.

07/07:  Pagamento registrado, não devo mais nada. O procedimento para obter a linha de volta (o número antigo) é tortuoso. Segundo eles, não é possível “reativar” a linha. Tem que ser feito um pedido de uma nova linha. E para obter o número antigo, é preciso fazer um procedimento que chama “reserva de terminal”. Faço o pedido da nova linha. Agendam a instalação para 09/07. Sim… num domingo na parte da tarde.

09/07: Venho para o local e fico de plantão. Uma hora depois aparece o técnico. Explico pra ele o caso e ele mesmo confirma, não tem que fazer nada aqui, é só ir lá na central e manobrar o par. Ele mede o sinal na linha me deixa um modem com wi-fi e vaza pra central. Em 15 minutos já estava com o número novo e a internet funcionando.

É preciso esperar dois dias para baixa da ordem de serviço, para iniciar o processo da reserva de terminal.

O que é essa reserva de terminal? Nesta empresinha safada, quando uma linha é cancelada, o número fica reservado para o antigo titular por 6 meses, depois disso já vai pra um novo cliente.

11/07: Abro o pedido de reserva de terminal, foi até fácil chegar no lugar certo. O atendente confirma os dados e solicita a reserva. Pergunto se tem algum custo e me informa que não, curto zero. Prazo para efetivar a volta do numero antigo, 7 dias úteis.

22/07: Nada… a linha continua com o número novo. Decido esperar mais um pouco…

25:07: Necas! Ligo no canal de atendimento, peço informações sobre o protocolo de 11/07 e qual o motivo de hão haver sido feito a mudança do número. A besta da atendente me diz que não tem registro do protocolo. Ah??? Como assim? Repito o numero, confiro na gravação… e a atendente frisa: não tem registro deste protocolo. Ok… não tem? Num tem problema, peço pra fazer um novo pedido de reserva, ai…  – Sr… a empresa não fornece este serviço!

WTF??? Não? E o que foi me dito a 14 dias atrás, não tem validade? Não foi uma ou duas vezes que a empresa me confirmou que pode ser feita a troca do número pelo processo de reserva. Nem deixo a atendente terminar o blá blá blá, já digo que vou abrir processo na ouvidoria e desligo.

Ato continuo, abro o processo na ouvidora. Novo prazo, são 5 dias úteis pra resolver ou dizer o porque não pode fazer.

29/07: Recebo uma ligação de um técnico da vivo dizendo que está com o processo da ouvidoria em mãos e precisa agendar o dia pra fazer o procedimento. Confirma uns dados e diz que vai me transferir pra uma atendente, e com a expressa mensagem de que… se for perguntado, pra dizer que fui eu quem ligou e não a própria vivo que me ligou. Segundo ele, se eles descobrem que foi a empresa que ligou, eles cancelam a linha e leva 10 dias pra religar a linha com o numero antigo. Falo com a atendente, ela realmente pergunta se fui eu quem ligou, confirmo. É agendo a mudança pro número antigo pro dia 31/07. Novamente na parte da tarde.

28/07: O telefone já muda de número, volta pro antigo sem ninguém mesmo aparecer aqui. Isso era meio óbvio, afinal é só programação na central.

31/07: Todo caso, fico de plantão aqui na oficina das 12:00 as 19:00. Ninguém aparece.

01/08: Estou em casa almoçando, toca o celular e com um numero estranho, atendo, é a vivo me procurando que o técnico está no endereço e não tem ninguém lá… óbvio. Reclamo que o combinado era na segunda, mas aviso que posso chegar no lugar em 10 minutos. A atendente abre conferencia com o técnico e confirmo chegar lá em 10 minutos. Na verdade cheguei em 4 minutos.

Já explico que esta tudo funcionado, o técnico só pede pra medir o sinal ADSL, preenche uma papelada, me pede pra assinar e pronto.

Planejo a data pra pedir a mudança do telefone.

04/08: Peço a mudança de endereço do telefone. A mudança não tem como agendar horário nem dia.. legal né? Nisso me dizem que a mudança do telefone e internet são serviços feitos separados, e o procedimento pra a internet é meio esdrúxulo… é preciso cancelar e pedir uma nova na mesma linha mas no endereço novo!

05/08: Por via das dúvidas deixo a fiação prontinha no endereço novo, e deixo um recado pregado no portão em qual par de fio o técnico deve ligar a linha.

06/08: Resolvo passar no endereço novo no final da tarde… tá lá puxado par de fio. Confiro e a linha telefônica já está atendendo lá… mas sem sinal ADSL. Tento acessar o PC da oficina via VNC e consigo acesso, o que diz que a internet ainda está no endereço antigo. Como instruído em alguma parte do processo que não lembro é bom esperar dois dias pra dar baixa na ordem de serviço para fazer outro pedido.

08/08: A primeira ligação para a empresa pra pedir a mudança é feita as 4:16… A ultima foi as 6:15, mas para a Anatel. Pois… é literalmente IMPOSSÍVEL conseguir falar com alguém que cancele imediatamente o ADSL e já faça o novo pedido. Tentei várias vezes, por vários caminhos. Quando a pessoa não sabe o que fazer, não pode fazer por ser o canal errado, ou pior, quando a ligação cai, ou você entra num limbo na droga do sistema deles.

Esqueci de dizer (adicionado em 16/08). Neste mesmo dia, após quase uma hora de tentativas, fui até o atendimento presencial da vivo lá no centro da cidade. Lá, como já havia ocorrido em outras três ocasiões, as atendentes lá não resolvem porcaria nenhuma, sempre dizem que eu tenho que resolver pelo 10315 no atendimento eletrônico. Nas duas últimas vezes nem isso já deram o telefone da Ouvidoria… Nem preciso dizer que nesta última vez eu esquentei o ki-suco lá… soltei umas verdades que estavam entaladas na goela desde as tentativas passadas. Perguntei na lata pra que servia aquilo lá, o que eles resolviam lá, já que nas quatro vezes que fui lá sai do mesmo jeito que entrei…

Voltei pra oficina e nova sessão de mais uma hora e pouco de tentativas de cancelamento…

Veja na imagem que abre o post, confira a quantidade de ligações que fiz. (observe o numero entre os parênteses, pois o TrueCaller agrupa as chamadas).

Duas horas perdidas e ficando puto da vida. Joguei a bola nos pés da Anatel, a empresa agora que se vire pra levar o ADSL pro endereço novo.

15/08: Recebi hoje uma ligação da vivo, quem estava do outro lado já de cara falou que era sobre minha reclamação na Anatel. Explicado novamente sobre cancelar no endereço antigo e pedir no endereço novo, diz quem estava do outro lado que assim será feito. Tem novamente 5 dias úteis pra ser feito. Então tem até 22/08 pra fazerem a mudança.  Aguardando o resultado.

23/08: E nada da filha-da-puta da Vivo resolver o meu problema, mesmo com o processo da Anatel. Liguei hoje no 10315 pra saber em que pé que anda a coisa. A primeira tentativa, ninguém soube me encaminhar pra o local correto. Como continuo com o ADSL funcionando no endereço antigo, resolvi mais uma vez tentar o cancelamento pela central automática. Como da outra vez, nas duas tentativas caio num limbo, inclusive ouço uma gravação mais do que esquisita no final e cai. Inclusive vou anexar essa gravação aqui depois. Não consigo falar com ninguém responsável pelo cancelamento.

O processo na Anatel pelo visto não deu em nada, só aquela ligação em 15/08 e mais nada.

Dai resolvi ir pela quinta vez no atendimento presencial, e fiz no celular, na frente da atendente a tentativa de cancelamento e ela já me soltou na cara: Erro do sistema. Ah tá… sei… Novamente bate-boca lá e no final me levantei e vim embora sem antes falar em alto em bom som: Isso aqui deve ser só enfeite, é a quinta vez que venho aqui e vocês não fazem NADA. Não volto mais lá, nunca mais boto meus pés naquele lugar.

Nisso tenho uma idéia. Toda vez que me identifiquei no 10315, usei o meu numero de telefone antigo, o que recuperei láááá em cima. Resolvi me identificar com o número da linha provisória que já foi desativado… e… consegui falar com alguém!!! Mas agora vem o detalhe que ninguém, nem eu consigo entender.

Se eles consultam o cadastro pelo CPF, diz que a linha ativa é o número provisório, mas que não está instalada, está desligado. Se a consulta é feita pelo número antigo que já está lá no endereço o qual pedi mudança, diz que não tem ADSL ativo naquela linha! Porém… com que eu continuo com o ADSL ativo na linha provisória, mas SEM a linha???

Tem horas que eu penso em cancelar tudo e mandar a vivo pra puta que pariu! Mas eu não faço isso por um único problema, eu só tenho opção de via rádio, e vi dizer que pode ter opção de fibra-ótica de uma outra empresa, mas… SEM IP VÁLIDO! E isso é um problema pra mim.

Mas voltando… nesse contato que consegui acessar a central de cancelamento, expliquei todo o rolo e ninguém entendeu nada. A atendente em conversa com o supervisor, sugeriu a visita de um técnico, com a alegação de “linha cruzada”. E disse que agendou pra atendimento em 24 horas. O jeito vai ser esperar amanhã o dia todo por lá e torcer pra esse técnico entender o problema e conseguir resolver isso.

24/08: Até agora (5:40) nada do técnico aparecer…

25/08: E não apareceu ninguém aqui. Então fiz o seguinte. Reabri o processo na Anatel, e… entrei via site da empresinha safada e fiz um pedido de ADSL por lá no endereço no novo. Salvei número do pedido e IMPRIMI a tela, onde diz claramente “agendamento da instalação” e sequer fala algo sobre “consulta de disponibilidade”. No meu bom entender, o que está escrito lá é que eles me venderam o produto, logo eles vão ter que CAGAR um ADSL.

27/08: Recebi uma ligação da empresinha de merda logo no final da tarde, sobre o pedido que fiz diretamente no site. Segundo a vendedora, a mesma novelinha… não tem porta, e… o ADSL ainda funcionando na oficina e sem sinal telefônico. Desabafei, soltei os cachorros, gatos, cobras e lagartos na vendedora. Filho da puta foi a palavra mais suave. Eu sei que ela lá daquele lado está lá só fazendo o trabalho dela pra receber o salário no final do mês, mas… foda-se. Minha paciência está no limite.

Ato continuo após esta ligação, entrei no site novamente fiz outro pedido online, além de mais tarde fazer um atendimento via chat no site da empresinha de bosta. Nem os atendentes falam coisa com coisa, cada hora é uma resposta diferente. O diabo dos detalhes é que no meio da conversa, o chat simplesmente “desconectou” tendo que reabrir e reiniciar a conversa com outro atendente. Segundo o que ele “consultou o cadastro” eu só tenho um número de telefone ativo (o antigo) e sem internet, coisa totalmente contraria que eu vejo no perfil no site, dizendo que tem dois números, o antigo e o novo e um ADSL ativo no endereço antigo.

28/08: Hoje é o terceiro dia útil após a reabertura do processo na Anatel. Foi me dito na reabertura que eles tinham 3 dias úteis pra se posicionar. Caso negativo, era pra entrar em contato novamente com a Anatel. O farei amanha, além de que… vou me dirigir ao PROCON e ver o que eles tem a me dizer lá.

E ainda além disso fui atrás da empresa que está fornecendo acesso via fibra-ótica aqui no bairro. Na conversa que tive lá, o mínimo que eles oferecem é 8Mbps ao custo de R$79,90 mas sem IP válido. Isso eu confirmei na casa de um amigo que assinou com eles. Mas descobri que eles podem oferecer “IP Dedicado” com o acréscimo de R$30,00 a mensalidade. E tem o custo de instalação de R$100,00 (pagamento a vista) ou  R$150,00 no boleto divido em três vezes.

Eu não estou querendo tomar este caminho, pois se tomar, além disso precisarei refazer uma parte da infra-estrutura lá no cafofo pra poder passar a fibra. E R$109,90 pelo acesso, mesmo que a 8Mbps, está um pouco além do valor que estou dispondo a gastar com isso. No ADSL o valor é de R$89,80 com o telefone incluso no pacote.

Se eu tomar este caminho (vai depender da conversa no PROCON e da resposta da Anatel), irei cancelar totalmente minha assinatura com a empresinha de merda chamada vivo. Não vou querer mais NENHUM serviço deles, e se achar uma opção barata de telefone fixo (claro, embratel, etc…) eu ainda peço portabilidade do número fixo. E ainda farei pior. Vou compartilhar via rádio em uma VPN esses 8Mbps com minha casa e mandar a empresinha de merda enfiar no cú o belo ADSL de 512Kbps que eles me vendem em casa a peso de ouro e muito provável que também o faça com o telefone.

Não seria nada mal, internet mais rápida e telefones mais baratos, e independência dessa desgraça de empresa. Caso a se pensar…

30/08: Já prevendo que não vai acabar do jeito que eu queria, resolvi fazer a infra-estrutura para para a instalação da fibra ótica. Foram 27 metros de mangueira PEAD, 30 metros de arame galvanizado e uma escavação da rota de fuga:

Curvas bem suaves na mangueira pra não ter enrosco na hora de puxar a fibra pelo arame, tudo chumbado com massa de areia e cimento para que fique bem resistente.

08/09: Depois de algumas tentativas por outros caminhos sem resultado, de a Anatel não ter feito porcaria nenhuma, de cansar de ligar e pedir nova instalação e ouvir que “não tem porta” e eu ainda aqui navegando no endereço antigo com o ADSL e sem telefone (quer dizer, tem uma porta disponível aqui), parti para o plano B.

Fui na empresa que (por enquanto não vou dizer o nome) e fiz o pedido da instalação dos 8MB em fibra-ótica. Agora preciso só aguardar eles ligarem pra ir lá assinar o contrato e agendar a instalação. Pedi os 8MB com IP fixo. A instalação (que disseram antes ser de 100 reais e agora me falaram 150 reais. Mas isso eu vou discutir na hora que for assinar o contrato, estou com o papel com a proposta anotada de punho próprio por um dos responsáveis de lá.

Estando com a fibra instalada (se tudo correr bem, até o meio da semana que vem) o segundo passo é começar a cortar o cordão umbilical da empresinha de merda. O primeiro telefone que vai pro espaço é o da oficina. Este eu sinceramente estou pensando se mando cancelar completamente mesmo ou se migro pra um Claro Fone.

O segundo passo será fazer o link em 5.8GHz com minha casa, fechar VPN com um roteador lá em casa e dar o segundo passo que é migrar a linha de casa pro um Claro Fone e cancelar TUDO com a empresinha de merda.

11/09: Recebi a ligação da empresa de fibra ótica pra ir assinar o contrato. Mas como eu já fui alertado por um amigo, é bom não cantar vitória antes deles terem instalado, pois pode ocorrer deles dizerem que atente o bairro e não tem o cabo de fibra passando na rua ou caixa de atendimento perto do endereço. Contrato assinado e instalação prevista para dia 14 ou 15. Aguardemos!

Assim que instalado, revelo o nome da empresa. E feita a instalação o segundo passo é pedir o Claro Fixo e mandar a empresinha de merda para os quintos dos infernos.

14/09: Instalaram a fibra ótica aqui. Relevando o nome da empresa, é a Conexão (IP5). A velocidade está espantosa, veja o resultado do speedtest usando um host bem daqui de perto.

A única coisa a desejar ainda é a questão do IP fixo… pelo que entendi, eu tenho que passar a lista de portas para eles abrirem… Achei esquisito isso, por pra mim por ser o IP fixo, o modem deveria se comportar como um bridge, deixando que eu aplique essas configurações no meu roteador. Como pra mim esse negócio de fibra ótica ainda é novidade, amanhã eu faço contato no suporte e vejo como resolve isso, se da pra deixar o modem em bridge ou vou ter que passar a “listinha” de portas que eu preciso abertas.

Já a empresinha de merda, liguei lá hoje e contestei um valor cobrado na conta, a taxa de habilitação do vivo internet, que são R$150,00. Disseram que foi removido sem o menor xôrôrô… que em 5 dias a conta com o novo valor estará disponível no site e em 10 dias eu recebo a conta em papel pelo correio. Estou só esperando chegar esta conta, pagar e vou pedir a portabilidade para um Claro Fone.

16/09: Bem… o IP fixo já está ativo. A questão das portas, acabei não ligando na empresa, dei um jeito de acessar as configurações do modem no modo administrador, e verifiquei que o modem realmente está em modo “router”. Até da pra passa-lo para o modo “bridge” mas estou avaliando se compensa mantê-lo como está de deixando a cargo dele mesmo o serviço de DHCP e redirecionamento de portas.

Pois o jeito que pensei em fazer a parafernália toda aqui, se deixar essa parte a cargo do próprio modem, eu elimino um roteador da rede. Só resta saber se o provedor não vai encrespar por eu ter dado um reset no modem e trocado a senha de admin. o:-)

E claro, que eu salvei todas as configurações, login e senha do PPPoE (via brechas de segurança do IE).

Também já comecei a montagem da rede interna aqui e a parte do link de rádio que vou usar pra fazer a intranet com minha casa.

22/09: Recebi e paguei a conta com valor contestado e hoje ela já aparece como quitada no sistema da empresinha de merda. Ato continuo já fui na loja da Claro Fone e fiz o pedido de portabilidade, tudo acertado a portabilidade deve ocorrer em até no máximo 10 dias, mas disseram que normalmente em 3 dias já ocorre. Bizarramente você não sai com o simcard da loja, é preciso que o técnico venha entregar. A entrega foi agendada para dia 23/09 da 1:00 tarde as 7:00 da noite.

23/09: Deu exatamente 1:02 o celular toca, é uma atendente da claro perguntando se eu posso atender o técnico que está na porta do endereço informado. Digo se ele pode aguardar 5 minutos e me dirijo pra lá. Apresento documento com foto e (?) comprovante de endereço e me entrega o simcard e o papel da ordem de serviço com as instruções pra ativação do chip.

Então a parte 2 de 4 do plano se fuga já está praticamente concluída. A parte 3 era pra dar uma boa arrancada hoje, mas o fdp dos correios não entregou os dois pigtail que eu comprei na quarta-feira pra montar as antenas. Isso porque paguei sedex! Só devem entregar na segunda-feira, pqp… :furious:

25/09: Coincidentemente estou no endereço novo e perto do telefone fixo e ele toca… atendo e é alguém da empresinha de merda (vivo) querendo falar sobre o pedido de portabilidade. Explica que precisa confirmar alguns dados pra evitar fraude. E… faz a fatídica pergunta, porque eu pedi portabilidade?

Taquei na lata: Por pura INCOMPETÊNCIA da vivo, por fazer mais de 2 meses que estava tentando mudar o serviço de ADSL de endereço e nem com processo na Anatel resolveram. E que estão me fazendo LITERALMENTE de palhaço.

Literalmente “caguei na cabeça” da pessoa que ligou e espero que a ligação seja gravada e auditada ou que o atendimento seja anotado e seja lá quem for leia aquilo. Feito isso alguns segundos de silêncio e me dizem que então ok, a portabilidade será feita na quarta-feira dia 27 após o meio-dia, e que a linha pode ficar indisponível para receber e efetuar chamadas por algumas horas.

Também já recebi os pigtail que comprei para a parte 3 de 4 do plano de fuga.

26/09: Como já estou com os pigtail nas mãos, resolvi já deixar as antenas montadas no lugar, prontas, faltando apenas para ligar a routerboard mikrotik.

[foto das antenas aqui, assim que a fizer durante o dia]

Esta caixa por sinal, veio junto com a antena abaixo.

Também já fiz a reforma completa de uma antena Zirok WLL-455 que catei no latão de lixo em frente ao prédio da prefeitura a algum tempo atrás, e esta será utilizada para uma parte do plano que seria executada mesmo se não houvesse esse forrobodó todo com a vivo, que é instalar um DVR em um ponto que distada em 18KM daqui… falarei disto depois em um post em separado.

27/09: Passei lá no endereço novo por volta das 2 da tarde e o telefone “com fio” já estava mudo. Pego o celular que deixei provisoriamente o chip Claro Fixo e vejo que ele ainda não foi habilitado na rede. Preciso sair e mais tarde voltei lá, ali pelas 8 da noite e o chip já está habilitado na rede. Faço o processo de ativação pela central e já peço o desbloqueio de ligações para celular. Mais alguns minutos e pronto, meu antigo número fixo que está comigo desde 1998 já atende agora como uma linha Claro Fixo. Coloquei o chip em um modem 3G que foi desbloqueado (Huawei B260a) que tem saída pra telefone (que por ironia do destino era da empresinha de merda) e curiosamente este modem veio de uma das visitas aos “shopping center”. (:)

Vou precisar de um outro modem destes para a parte 4 de 4 do plano de fuga, alguém tem um jogado nas gavetas ai que queira doar?  :-P Serve um similar também, basta ter saída para telefone.

 

20/10: Vocês pensam que acabou??? :aiaiai: Nada… chego na oficina hoje, abro a caixa de correio e tem duas contas da empresinha de merda lá… abro as contas e… surpresa! Uma delas é a do número oficial, analiso os valores cobrados, confiro com a data do pedido de portabilidade está tudo ok, é o valor pelo tempo que alinha ficou ativa, mas… tem uma cobrancinha extra de um tal de “identificador de chamadas”… é pra rir? Lááá atrás me foi dito que não tinha disponibilidade no sistema! E olha que eu até deixei o identificador ligado na linha e ele não funcionava! Contestei o valor e tudo ok, diz que foi retirado.

A segunda conta foi a surpresona! É uma conta cobrando a assinatura da linha que usei para fazer a reserva de terminal! Essa linha não existe mais faz quase 3 meses, pois ela virou o número antigo (ver 28/07).  Mais de uma hora esquentando a orelha no telefone pra explicar que focinho de porco não é tomada, pra “cancelar” algo que já deveria ter sido cancelado automaticamente! Eles dizem que agora foi cancelado… aguardemos o resultado.  Mas vamos deixar o selo de qualidade da empresinha de merda:

22/10: Aproveitei o domingo e montei todo o sistema de rádio pra fazer a VPN. Fechei a oficina com a casa em 5.8GHz e aproveitei o ensejo e passei rede cabeada em casa, chega de sofrer com Wi-Fi. Estou conseguindo passar os 54Mbps total dos rádios.

25/10: Chegou o grande dia, como a VPN está estável e não deu nenhum xábu, pedi a portabilidade do telefone de casa para o Claro Fone. A entrega do SIM-CARD foi agendada pro dia 28/10 das 1:00 tarde as 7:00 da noite.

28/10: 2:00 da tarde chega o SIM-CARD, vou ativa-lo num ATA-BOX (Mode 3G com saída pra telefone) que comprei no mercado livre lixo, que novamente por ironia do destino era da empresinha de merda. A previsão e que a portabilidade é pra ocorrer até dia 31/10.

31/10: Enfim, portabilidade feita! Ativei o SIM-CARD no ATA-BOX e pronto, todas linhas fixas da empresinha de merda migradas. E aqui em casa, o melhor, devolvido o “maravilhoso” ADSL de 512kpbs! Estou doido de vontade que eles liguem novamente pra cá perguntando o motivo da portabilidade. Liguem… liguem… }:D

14/11: Ninguém ligou… enfim… sou ex-cliente vivo-fixo. Depois quando eu digo pra uns amigos que eu ODEIO a vivo, desde a época que eu tinha celular deles, eles acham que eu exagero. Quando disse que o que era ruim iria piorar mais, na fusão da telefonica com a vivo. A telefonica era intragável, mas com um pouco de briga se conseguia resolver os problemas. Já a merda da vivo, parece fazer tudo da forma mais complicada.

Não vejo a hora de poder ter uma oferta de um concorrente deles por aqui… cabo ou fibra ótica. E isso não deve demorar… Mesmo que eu tenha que pagar multa rescisória por causa da nova instalação, eu pago! Achei uma oferta de fibra-ótico, leia mais pra cima ai que tem a história.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...


  Melhor visualizado a
1024 x 768 True color
Proudly powered by WordPress. Theme developed with WordPress Theme Generator.
E altamente gambiarrado por mim mesmo :)
Copyright © 2010 by Crash Computer. All rights reserved.