Postagens com a tag ‘Fontes’

   quinta-feira, 2 de novembro de 2017

Arrumando a oficina nova…



PéssimoRuimMédioBomExcelente (6 votos, média: 5,00 de 5)

Bem… a famigerada mudança acabou… já entreguei as chaves do prédio antigo pro novo locatário, cópia das contas pagas dos últimos 3 meses e zé-fini! 8-)

Mas… agora aproveitando que tá tudo de pernas pro ar, e já que vou ter que por a casa em ordem, porque não começar reformando o que está velho e caquético?

Inicialmente eu comecei reformando as duas fontes que eu uso na bancada.

A primeira foi a ajustavel, que recebeu pintura nova, polimento no acrílico dos medidores, leds para iluminar os medidores, uma limpeza interna, cabo de força novo e com tomada tripolar 2P + Terra (tomada jabuticaba, aqui não!) e troca dos bornes. Uma pena que eu não tirei fotos do antes.  :aiaiai: Mas vamos só ao depois então.

Acredite, essa fonte estava horrivelmente feia, a pintura estava toda zoada.

A segunda foi a fonte que uso pra alimentar meus rádios que uso durante o teste dos rádios dos clientes.

Essa ganhou uma lata nova no painel (não tinha) pra fazer a mascara, pintura, troca dos bornes e troca de boa parte da fiação interna que estava com a capa muito ressecada e quebradiça por causa do tanto que essa fonte esquenta quando a uso a plena carga.

Esse ímã do disk bancas grudado no painel dela tem uma história bem engraçada, qualquer dia que der na telha eu conto a história.

A próxima reforma foi a estação de retrabalho SMD. Troquei a mangueira, refiz o suporte da manopla que estava quebrado, desmontei novamente a bomba que eu já tinha desmontado a um tempo atrás por um defeito e montei algo errado e coloquei um soquete NEMA pra poder usar um cabo de força removível. Alias, nem sei porque o fabricante não fez assim originalmente.

Ela vai ficar sem pintura por enquanto, pois não quero mudar a cor dela… e não dá pra comprar uma lata de tinta dessa cor por enquanto.

E hoje foi a vez da bancada em si. Essa bancada é praticamente a mesma que usava antes, só que tive que trocar os tampos que é feito com uma porta. A antiga os cupins se incumbiram de liqüidar. Por sorte a madeira que usei para os pés, os cupins não apreciaram o sabor.

O tampo antigo usava a porta “crú”, direto na madeira. Dessa vez decidi usar algum revestimento mais resistente. Estava entre lençol de borracha de 3mm e a fórmica. Ganhou a fórmica por dois motivos: Mais barato e tinha aqui na cidade a pronta entrega.

Alias a quem interessar saber, o custo da reforma da bancada:

Porta nova usada como tampo: R$130,00
Chapa de fórmica: R$59,00
Fita de borda: R$23,00
Cola fórmica: R$15,00
Oléo de linhaça: R$14,00
Cupinicida: Usei um sobra que já tinha aqui. Não lembro quanto custou.

Usei fórmica branca lisa, que é mais fácil de limpar. Apliquei também as fitas de borda pra ficar legal.

A fórmica eu mesmo cortei e colei no tampo.

Só falta que ficou pra hoje a tarde, dar uma mão de óleo de linhaça com um pouco de cupinicida na parte debaixo do tampo e nos pés, pra garantir que nenhum cupim faça de minha bancada sua próxima refeição e “minha casa, minha vida”. }:D

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...


  Melhor visualizado a
1024 x 768 True color
Proudly powered by WordPress. Theme developed with WordPress Theme Generator.
E altamente gambiarrado por mim mesmo :)
Copyright © 2010 by Crash Computer. All rights reserved.