Adicionem o novo domínio do blog aos seus favoritos! www.crashcomputer.com.br

   domingo, 31 de julho de 2005

Achados e Perdidos.



PéssimoRuimMédioBomExcelente Nenhuma avaliação... seja o primeiro!

Não estranhem o sux-o-meter em 5000% ops.. ele só marca até 1000, mas leia-se como 5000. Ele tem o seu motivo.

Na quinta-feira a noite, o Seagate Barracuda de 160Gb, por um motivo inexplicavel perdeu a tabela de partições, fat e mais alguma coisa.

Como a coisa aconteceu. Eu estava ripando um DVD, DVD Decryper, para ter os VOB no HD e ripar em Dvix com mais calma e sem detonaro drive de DVD. Quando que em uns 60% da copia o programa travou. Mandei um control+alt+del e matei o programa.

Nisso vou abrir o windows explorer para apagar o rip bichado para recomecar o rip. Ao abrir o windows explorer, travou tudo, geral. A unica solução foi reset.

Ao voltar, como de praxe, scandisk, ele achou um cluster perdido, perguntou se eu queria salvar ou descartar o conteudo, mandei salvar, beleza. Ao abrir o windows, noto que dois programas que ficam na unidade E: não carregaram o icone. Abro o explorer e só vejo as unidades C:, D: sendo que a D: é a partição primaria do HD de 160Gb, e a E: sumiu, que é a partição extendida.

Encerro o windows, entro no BIOS, confiro se o HD esta detectado corretamente, tudo OK, checo cabos, tudo perfeito. Reinicio entro no Windows e mesma coisa. Acende a luz “Panic” na minha cabeça. Resolvo entrar pelo MS-DOS, reboot e mesma coisa.

Começa uma sessão de procura programas para recuperar HD crashado, tento tudo o que tem no Hiren’s boot CD. Em particular, o Norton Disk Doctor diz que há erros no HD (óbvio!) e também erros na tabela de partições. Amarelo e não tenho coragem de mandar o norton corrigor, já vi esse programa fazer muita cagada.

Resolvo ir testando os outros software, e o Active@ Partition Recover diz que a partição é “Não alocada”! Socorro!

Nisso brigo até de manhã, quando jogo a toalha e vou dormir. Reinicio as tentativas de recuperação na sexta a tarde todas infrutiferas, todos os programas que tento só conseguem ler lixo do HD, nada aproveitavel, uma sopa de bytes sem sentido.

Até que por volta das 8:00 da noite me dou por vencido e tomo a mais drastica das medidas… limpar as partições, remover tudo e recomeçar do zero. Nisso já arrancando os cabelos por ter perdido mais de 60Gb de arquivos e coisas com mais de 5 anos, coisas que nunca mais irei encontrar.

Faço FDISK, limpo tudo, recrio tudo. Formato tudo e começo a recuperar algunas poucas coisas que eu tinha backup em CD e em outro HD (o do notebook)

No sabado a tarde, lendo uma das listas de discussãolistas de discussão que assino e que pedi um help a respeito, uma pessoa que posso considerar mais do que AMIGO, (valeu Toninho!!!) me diz para usar um softare que chama-se “GetDataBack” e que pode ser usado mesmo que o HD tenha sido formatado, que ele faz procura dos arquivos no nivel mais baixo possivel, diretamente nos setores tendo a opção de ignorar a fat, tabela de partições e tudo mais.

Meio que sem esperança de encontrar alguma coisa, mas mais naquela base do “ver no que vai dar” resolvo pegar o programa e deixar que ele procure dados no HD.

Depois de cerca de 1 hora varrendo o disco setor a setor, ele me gera uma lista com diretórios encontrados e dentro deles MEUS ARQUIVOS!!!

Imediatamente começo a recuperação salvando o que pude no HD de 40Gb, que por sinal lotou e tive que fazer uma manobra pra recuperar 13Gb restantes que não couberam.

Os pontos positivos desta pequena joia chamada GetDataBack:

– Trabalha em cima do windows, logo interface gráfica boilinha (mas funcional)
– Por tabalhar em cima do windows suporte completo a Long File Name em fat 32.
– Por trabalhar em FAT32, não zoneia o nome de seus arquivos.
– Extremamente rápido para recuperar os arquivos.
– Permite que você faça “preview” do arquivo dentro do programa de recuperação mesmo, com um simples duplo-clique ele abre o arquivo no programa associado para aquele tipo de arquivo.
– Permite recuperar arquivos “deletados”.

Depois de umas 3 horas pescando arquivos e salvando, consegui recuperar uns 70% do que eu havia perdido, o que esta MUITO, mas MMMUUUIIIITTTOOOO bom para quem tinha perdido tudo.

A unica coisa chata que os diretórios que eu tinha a maior prioridade de encontrar e salvar, não encontrei, pelo motivo de que eles eram muito antigos e com certeza estavam bem no começo do HD, e como eu já tinha gravado coisas no disco, foram pro limbo.

O programa é BOM, vale a pena!

Isso tudo serviu de lição:

Lei de Murphy: Seu backup nunca estara tão atualizado o quanto você precisa, quando seu HD pifar.

Lei da preguiça: Faça backup, principalmente que hoje em dia CD-R ou mesmo DVD-R custa MERRECA, não importa que eles não sejam 100% confiaveis, mas o são desde que você faça novas copias em intervalos regulares.

“O primeiro capote de HD, a gente nunca esqueçe!” 8|(

PC |  ,


  Seguir comentários via RSS

Um comentário em “Achados e Perdidos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

 

:D :tooth: :mrgreen: :-P :-)) (lol) .:lol:. o:-) 8-) :-$ :-| }:D :-/ -_- |-/ :X.: =X 8|( :xxx :furious: :-o* X-P 8x :censored: *~O more »
 

1) Os comentários são moderados.
2) Comentários que não sejam referentes ao assunto do post serão excluídos.
3) Eu posso editar seu comentário antes de publicar, se o achar necessário.
  Melhor visualizado a
1024 x 768 True color
Proudly powered by WordPress. Theme developed with WordPress Theme Generator.
E altamente gambiarrado por mim mesmo :)
Copyright © 2010 by Crash Computer. All rights reserved.
Switch to mobile version